Dilatação e curetagem Procedimento …

Dilatação e curetagem Procedimento …

Dilatação e curetagem Procedimento ...

Dilatação e curetagem (D e C) e Um Procedimento rotineiro Realizado Nos Estados Unidos. ELE E Utilizado Como hum Método Para avaliar e TRATAR uma hemorragia uterina anormal. A dilatação E realizada parágrafo abrir e alargar o colo do útero (entrada do útero). Curetagem E USADO parágrafo PROVAR o endométrio (o Revestimento do útero).

Anatomia e Fisiologia

  • O útero OU útero e Um orgão em forma de pêra Que É Encontrado na pélvis do sexo feminino na parte da vagina, superior. Ela varia em * Tamanho e forma, dependendo do estado hormonal e fértil da mulher. O útero TEM Uma cavidade, Que É fechada when uma mulher NÃO ESTÁ Grávida (Figuras 1 e 2)
  • O forro interior do útero, do endométrio Chamada, se separa da Parede uterina Cada EEM. O sangramento vaginal Que ocorre E Chamado de menstruação OU Período. Como menstruações NÃO ocorrem normalmente Durante a Gestação e continua Até um menopausa
  • A Porcão Mais Baixa do útero não Ponto em Que ELE SE Conecta uma vagina Contém o colo do útero OU fazer colo. A abertura no centro do colo do útero e A entrada Para a cavidade uterina
  • Como trompas de Falópio São encontrados na extremidade superior de fazer útero. Existe Uma trompa de Falópio em Cada Lado do útero. Estes tubos Ocos permitir o ovo fertilizado Para viajar Para o útero
    1. Os ovários logotipo ficam Abaixo da Outra extremidade das trompas de Falópio e CONTEM OS ovos da Fêmea. Cada trompa de Falópio Paíra Sobre o ovário, Como hum capuz
    2. QUANDO UM ovo sai dos ovários, Que É dirigido Pela capa para como trompas de Falópio e, em SEGUIDA, atraves dos tubos PARA O útero, Onde o ovo PODE implante na Parede uterina
    3. Há Uma série de ligamentos Que unem OS tubos de útero e de Falópio parágrafo A Parede pélvica. Os vasos sanguíneos PARA O útero e ovários OS estao contidos Dentro destes ligamentos
    4. Os linfonodos São encontrados Perto do útero e Ao Longo dos vasos sanguíneos do útero. Os nódulos linfáticos São Pequenas Glandulas Cerca do * Tamanho de Uma Pequena porca Que fazem parte do Sistema linfático. O Sistema linfático E Encontrado POR TODO O Corpo ê ê Composto POR NÓS cessos Ligados POR Canais linfáticos (Finas) Cheio com hum fluido incolor Chamado linfa. Este Sistema E Importante Os Uma Vez that actua Como Uma das Primeiras Doenças Defesas contra
    5. Em Alguns patients PODEM ocorrer Anomalias congênitas do útero, incluíndo hum útero duplo completo OU Uma duplicação de APENAS Partes do útero. Às vezes há APENAS Uma trompa de Falópio

    Figura 1 – anatomia do útero e Órgãos adjacentes Como PODE Ser visto n’uma Secção atraves do Meio do Corpo. © C. Scalici

    Figura 2 – Útero Como PODE Ser visto a Partir da frente. © C. Scalici

    • de Anuncios&C E realizada em Mulheres devido a MUITAS condições patológicas that PODEM causar hemorragia uterina anormal.
    • Publique sangramento menopausa – hemorragia uterina Que ocorre Mais de doze meses apos O Último Período menstrual de mulher UMA. De Interesse E that o sangramento PODE Ser o resultado de Cancro do útero
    • Endometrial Hiperplasia – hiperplasia endometrial ocorre when o Revestimento do útero Cresce Muito. E UMA Condição benigna. Certas condições de Colocar uma mulher em Risco. Estas condições incluem obesidade, menstruação POUCO Frequentes, estrogênio, diabetes e Síndrome do Ovário Policístico (Múltiplos cistos ovarianos). O Crescimento Contínuo do endométrio PODE Levar Ao cancro do endométrio
    • Câncer de endométrio – QUANDO como Células do endométrio se tornam Anormais, O Crescimento Contínuo PODE se tornar maligno.
    • Disfuncional hemorragia uterina – Como as Mulheres começam A Idade, uma Quantidade Correta de Hormônios PODE Ser ineficaz parágrafo Produzir hum ciclo normal menstrual. Pequenas quantidades de progesterona (Hormônio feminino) freqüentemente causam o sangramento
    • fibróides miomas uterinos – ocorrer a Partir do Crescimento excessivo de Células a Partir da parte muscular do útero. miomas OS PODE Crescer ao Lado fazer Revestimento do útero. Estes São freqüentemente chamados de miomas submucosos (Figura 3). O sangramento anormal e cólicas PODEM ocorrer
    • pólipo endometrial – endometrial pólipos São crescimentos Que se desenvolvem a Partir do Revestimento do útero e do colo uterino. Teses pólipos geralmente Não São cancerosos
    • Gravidez anormal – Estes incluem aborto espontâneo, Gravidez ectópica (Gravidez na trompa de Falópio) OU Gravidez molar (grapelike Crescimento excessivo de Tecido placentário). Tudo PODE LEVAR um anormal hemorragia

    Figura 3 – Tumores fibróides NA submucosa (à Esquerda) e músculo (Direita) do útero. © C. Scalici

    • Um Comum parágrafo Razão Mais Um D&C E o sangramento uterino anormal
    • hemorragia uterina anormal PODE ocorrer Como Mulheres começam a Idade
    • Menstruação (Período) PODE tornar-se Muito pesado com Duração de Mais de 7 dias de Duração
    • O sangramento PODE tornar-se irregular com sangramento menstrual Entre o ciclo
    • pós-menopausa sangramento E anormal. ISSO PODE Ser hum Sinal de Câncer uterino
    • Problemas Médicos OU PODEM Anatômicas Ser uma causa Do sangramento intenso OU irregular
    • condições Médicas, Como Doenças da tireóide OU Distúrbios hemorrágicos PODEM causar irregularidades no ciclo
    • Algumas Mulheres Vao Mudar o Seu ciclo Por Causa da Mudança de Nível hormonal Que ocorre na perimenopausa
    • Otras Causas de sangramento uterino anormal incluem o Cancro do colo do útero, Câncer fazer útero, miomas uterinos, pólipos endometriais, endometrial hiperplasia, Gravidez ectópica OU Uma Gravidez anormal
    • Exames de sangue – Análises de sangue, Como hum teste de Gravidez, uma tela da tireóide, Estudos de rastreio de coagulação, e Os níveis sanguíneos do sexo feminino hormonais São Úteis
    • Ultra-som – Avaliação ultra-sonografia abdominal E realizada com a colocação de Uma sonda Transdutor não abdome. O Transdutor Envia hum Sinal Que É reflectida nsa Órgãos e devolvido Ao Transdutor. O contorno do útero PODE SER irregularidades determinada Pará Encontrar, miomas Tais Como. A espessura do endométrio, TAMBÉM PODE Ser avaliada
    • ultra-som transvaginal E realizada POR colocação de hum Transdutor de sonda não interior da vagina. Como ondas sonoras São capazes de detectar o contorno do colo do útero, útero e ovários com grande Detalhe. Com ultra-som transvaginal, o Revestimento do endométrio PODEM SER examinados em Detalhe a procura de Sinais de submucosa (Abaixo do endométrio) miomas, pólipos endometriais, endometrial hiperplasia (espessamento), Cancro do útero OU Gravidez anormal. Problemas cervicais TAMBÉM PODE Ser identificada Como endocervical (Dentro de colo do útero) pólipos
    • Papanicolau – Hum Exame de Papanicolaou PoDE SER USADO Pará determinar QUALQUÉR Sinal de Celulas pré-cancerosas OU cancerosas
    • Histerossonografia – Histerossonografia E realizada atraves do enchimento do colo do útero e com o fluido, AO MESMO ritmo, um ultra-som E Utilizado Para avaliar o Revestimento interior do útero. O teste E Útil na identificação do endométrio parágrafo pólipos e miomas submucosos
    • de Anuncios&C E Indicado para determinar como condições that causam sangramento anormal:
      1. aborto espontâneo
      2. Irregularidades menstruais sem sangramento
      3. sangramento pós-menopausa
      4. pólipos endometriais
      5. hiperplasia endometrial
      6. Câncer do endométrio
      7. D&C E em contra-indicada:
        1. Infecção do útero
        2. Infecção das trompas de Falópio
        • D & C e Um Procedimento Realizado parágrafo barbatanas de diagnóstico e terapeuticos. ELE fornece Uma Amostra de Tecido sem útero. Este Exemplo PODE Ser visto soluço hum microscópio parágrafo Dizer se como Células São Anormais
        • O Paciente E colocado na mesa de Operação Estribos EM
        • Um Exame pélvico E suave realizada parágrafo determinar o * Tamanho ea Localização do útero
        • Uma vagina e colo do útero E Limpo com Uma Solução anti-séptica
        • Um espéculo E colocado na enviar um e vagina de uma parte Superior do colo do útero E suavemente agarrada com hum instrumento linear (Figura 4)
        • A anestesia local (Mais comumente lidocaína – ver Anestesia) E USADO parágrafo anestesiar o colo do útero
        • Um instrumento Chamado hum dilatador do colo do útero E colocada Dentro do colo do útero canal. Apos um menor dilatador E Utilizado, OS MAIORES sucessivamente São Usados ​​Pará dilatar o colo do útero. Toma-se cuidado Para determinar a direcção do canal cervical perfuração parágrafo Evitar que útero OU do colo do útero (Figura 5)

        Figura 4 – espéculo colocado na vagina. O colo do útero E apreendido com Uma pinça. Nota-se a submucosa fazer fiboid tumor. © C. Scalici

        Figura 5 – Dilatador E Utilizado parágrafo dilatar a abertura do colo do útero. © C. Scalici

        • curetagem Fracção E Realizado atraves da remoção suavemente Tecido fazer canal cervical. Isto É Importante nenhum diagnóstico de Câncer e endometrial cervical
        • Um instrumento, em SEGUIDA, Determina o * Tamanho da cavidade uterina. DEPOIS de determinar o * Tamanho e Localização do útero, Uma Segunda cureta E colocado na cavidade uterina Para uma parte Superior do útero. A Amostragem de Tecido E obtido de Todos os Quatro Lados da cavidade uterina (Figuras 6 e 7)
        • Comumente hum ginecologista vai Colocar hum hysterscope (CÂMARA Uma de Vídeo em hum tubo com lentes) Dentro do útero Para avaliar o forro
        • Apos Amostragem do endométrio, o instrumento E Retirado do colo do útero Para garantir that nenhuma hemorragia activa ocorre
        • O Tecido Retirado Durante uma curetagem E ENTÃO avaliada Ao microscópio Por Um patologista
        • O Paciente E levado Pará uma sala de Recuperação Para Recuperar Por Um Curto Período de tempo,
        • sucção D&C
          1. QUANDO UM Paciente Grávida TEM Uma Primeira Perda Trimestre hum Procedimento Chamado de sucção D&C E realizada
          2. dilatação do colo do útero E executada Como Acima
          3. Apos uma adequada dilatação do colo do útero, Uma cureta de sucção de e colocado no interior do útero. A sucção E ENTÃO Utilizado parágrafo removedor o Tecido da placenta, Tecido embrionário, Líquido amniótico e do Sangue
          4. A curetagem E colocada gentilmente no útero Para identificar um eventual Tecido

          miomas A cureta E USADA Para raspar o tumor submucoso – Figura 6. © C. Scalici

          Figura 7 – Feche Acima da figura 6. © C. Scalici

          • Não Há Nenhum Procedimento Cirúrgico Que ESTÁ Livre da possibilidade de Complicações.
          • Tal Como Acontece com QUALQUÉR Procedimento Cirúrgico that PODE Ser Uma complicação de anestésico
          • Prejuízo PARA O colo do útero com laceração do colo do útero
          • Cicatrizes de Revestimento endometrial
          • Infecção do útero UO trompas de Falópio
          • perfuração uterina (orificio sem útero) Que conduz a Uma Possível perfuração Do intestino OU Quantidade significativa de sangramento no útero
          • Hemorragia, that PODE necessitar de Uma Transfusão de Sangue
          • Danos Ao omento intestino, mesentério, ureter, bexiga e trompa de Falópio
          • Em Caso de lesão significativa OU sangramento, eventual necessidade de abrir o abdômen e um uterina ferida suturada
          • Eventual necessidade de removedor o útero (histerectomia)

          Cuidados Apos o Procedimento

          • Apos o Procedimento, o Doente E Retirado Pará uma área de Recuperação Por Um Curto Período de ritmo Antes de Sair de casa
          • Um Paciente DEVE Planejar em ter Uma escolta PARA O transporte
          • O Paciente PODE Sentir algumas náuseas da anestesia
          • cólicas leves uterinas PODE Ser experimentado. O Cirurgião PODE prescrever medicação Pará uma dor PARA O desconforto
          • NÃO E Incomum Para apresentar sangramento vaginal e corrimento POR Algum ritmo
          • O Mais geralmente o Paciente PODE retomar a Actividade APOS normais Alguns dias
          • O Paciente DEVE abster-se de Colocar QUALQUÉR Coisa Dentro da vagina, Até Que seja instruído cabelo médico, Porque o colo do útero foi Aberto e ISSO PODE permitir that como Bactérias Para deixar Passar PARA O útero
          • O vai endométrio Construir há Mês proximo. O Próximo ciclo menstrual regular Ser PODE NAO. PoDE Ser tarde Cedo UO Mais
          • O Paciente DEVE informar o médico se notarem QUALQUÉR hum dos seguintes:
            1. febre
            2. Crescente abdominal dor
            3. hemorragia vaginal pesada (Maior do Que Uma ALMOFADA POR hora)
            4. fétida vaginal corrimento

            mensagens Relacionados

            • Dilatação e curetagem (DC), útero curetagem.

              Um Procedimento de dilatação e curetagem, also Chamado hum D C, E realizada parágrafo removedor o Tecido anormal fazer Seu útero. Dilatação REFERÊ-se a abertura do colo do útero, e curetagem (pronuncia-se cure-eh-TAJ) …

            • Dilatação e curetagem – Procedimento …

              Finalidade D C E USADO parágrafo diagnosticar e TRATAR sangramento intenso UO irregular do útero. Como Possíveis Razões parágrafo sangramento uterino anormal incluem: Desequilíbrio hormonal. MUITAS vezes, as Mulheres com anormal …

            • DC Procedimento dilatação e curetagem …

              O Que É Que PODE diagnosticar? Sem Passado, hum D C foi o diretor Processo PARA O diagnóstico de hemorragia vaginal Suspeito, Por Exemplo, PODE diagnosticar: AINDA E Realizado POR ESTA Razão Hoje, embora …

            • DC (dilatação e curetagem) Procedimento …

              Dilatação e curetagem (D C) e Um Procedimento Cirúrgico breve em that o colo do útero ESTÁ dilatado e hum instrumento especial E USADA Para raspar o Revestimento do útero. Saber O Que Esperar Antes, Durante …

            • DC (Dilatação curetagem), curetagem postar.

              D C (dilatação curetagem) e Um Processo em Que a abertura do colo do útero ESTÁ estendida Aberta, e o Tecido A PARTIR fazer interior do útero removido E. Este Procedimento Cirúrgico E USADO para …

            • Dilatação e curetagem (D – C) …

              Dilatação curetage PROCESSO Uma dilatação e curetagem Procedimento, also Chamado de CC, e Um Procedimento Cirúrgico em that o colo do útero (inferior, parte Estreita do útero) E dilatada (expandida) de Modo que …