Cirurgia hepatica parágrafo Colorectal …

Cirurgia hepatica parágrafo Colorectal …

Cirurgia hepatica parágrafo Colorectal ...

Figura 1. A metástase de Câncer colorretal em Tecido hepático. Hematoxilina-eosina, Ampliação original 50 ×.

Figura 2. Expressão citoplasmática intenso de citoqueratina 20 não colorretal Câncer. Nota-se uma heterogeneidade. Imunoperoxidase, anti-citoqueratina 20, Ampliação original 50 ×.

Figura 3. difusa Expressão nuclear intenso de CDX2 não colorectal Câncer. Imunoperoxidase, anti-CDX2, Ampliação originais de 100 ×.

Figura 4. metástases de carcinomas neuroendócrinos não Tecido do Fígado. Hematoxilina-eosina, Ampliação original 50 ×.

Figura 5. metástases de carcinomas neuroendócrinos não Tecido do Fígado. Imunoperoxidase, anti-cromogranina A, Ampliação original 50 ×.

Ilze Strumfa 1. Ervīns Vasko 1. Andrejs Vanags 2. Zane Simtniece 1. Peteris Trapencieris 3 e Janis Gardovskis 2

[1] Departamento de Patologia, Riga Stradins University, Riga, Letónia

[2] Departamento de Cirurgia, Riga Stradins University, Riga, Letónia

[3] Departamento de Química Orgânica, letão Institute of Organic Synthesis, Riga, Letónia

Palavras-chave: O Câncer colorretal, as metástases hepáticas, ressecção hepática, Ressonância Magnética

1. Introdução

A Cirurgia E a Opção preferida parágrafo a Sobrevivência a Longo Prazo. Na Medida em Operação varia de Maior ressecção hepática (trissegmentectomia, hepatectomia, hepatectomia estendida e hepatectomia) parágrafo menor ressecção poupadores de parênquima, Como segmentectomia OU ressecção em cunha [4]. laparoscopia e Cirurgia robótica PODE Ser Considerada, especialmente em Centros AVANÇADOS [5. 6]. Em patients com adequação questionável fazer Remanescente Fígado e Ampla disseminação do tumor intra-hepática, oclusão da veia portal, hipertrofia do Fígado Forcado e encenado ressecção PODE Ser Útil [7. 8]. Recentemente, o transplante de Fígado PARA O Cancro colo-rectal metastático executada foi [9].

Cirurgia ACTUALMENTE assumir papel significativo no Tratamento de lesões metastáticas do Fígado. No entanto, ELE NÃO Exige Só Técnica Cirúrgica adequada, mas also diagnóstico pré-operatório Correto e plano confiavel parágrafo Tratamento pós-operatório.

Em CONCLUSÃO, como metástases hepáticas de Câncer colorretal representam Uma Condição Frequente e sepultura. Os Notáveis ​​avanços Médicos Solicitar Sistematização Dinâmica de Provas up-to-datado. O Presente Capítulo Sobre o Tratamento Cirúrgico de metástases de Câncer colorretal pretende sintetizar o Conhecimento real não Que Diz Respeito à Abordagem Ao Paciente com metástases hepáticas de Câncer colorretal, discutindo o diagnóstico, Tratamento e Avaliação da RESPOSTA.

2. Epidemiologia do Cancro colorectal

3. Técnicas de Imagem radiológica sem diagnóstico de metástases hepáticas de Câncer colorretal

Na Comparação CT com, MRI TEM uma Vantagem no diagnóstico de lesões Que Medem Menos de um centímetro e apresenta Melhor CAPACIDADE de discriminar metástases no Fundo fazer (Por Exemplo, 5-fluorouracil e irinotecane) Espontânea OU induzida cabelo Tratamento esteatose hepática [1. 17. 31]. No entanto, CT oferece Melhor Resolução de Detalhes anatômicos Que São Necessárias Para Planejar uma Cirurgia [18]. Consequentemente, como controvérsias were Expressas se a imagiologia do Fígado em Paciente com Câncer colorretal DEVE Ser Iniciado com tomografia Computadorizada OU Ressonância Magnética [1. 18].

4. Avaliação radiológica pré-operatória: OS Parâmetros de destino

Para Planear o Tratamento Cirúrgico, o numero, o * Tamanho e um Localização de metástases DEVE Ser detectada [1]. O Número de Segmentos afectados, como Relações Entre como metástases e como artérias, Veias e ductos biliares, Bem Como o * Tamanho do Fígado Remanescente DEVE Ser Determinado Bem Como [18]. devem Ser estabelecidas como Variações ANATOMICAS das Vias biliares, Bem Como OS vasos sanguíneos arteriais e fazer portal. CT OU Ressonância Magnética PODE SER utilizada Pará ESSES barbatanas. Embora a eficacia semelhante de Ambos OS MÉTODOS foi mostrado em Relação à Avaliação Anatômica vascular, CT PODE tornar Melhor contraste [1].

Problemas de diagnóstico PODEM Ser Associados com a identificação de Pequenas lesões, Imagens de metástases não hepática fibrose Fundo da, esteatose OU congestão sinusoidal devido à anterior quimioterapia (OU POR Outros Motivos) e como Funcionalidades detalhadas de metástase profunda Que Exige hum Planejamento cuidadoso da Abordagem Cirúrgica e Dados exatos Sobre o Envolvimento de Estruturas Anatômicas. Ocasionalmente, o diagnóstico diferencial com lesões benignas PODE Ser complicado. A Presença e uma Extensão da Doença extra-hepática DEVE Ser Estimado [18].

5. Marcadores tumorais Tradicionais e inovadoras nsa Diagnósticos de Câncer colorretal

CEA TEM Vários Benefícios, incluíndo descartável e Disponibilidade. Além Disso, A Informação de Prognóstico PODE Ser obtido. níveis Elevados perioperatórios CEA indicam Pior sobrevida Apos uma ressecção hepática de metástases CRC [43].

CEA TEM SIDO explorada em Associação com Outros Marcadores Biológicos, tanto parágrafo Comparação e, um Fim de CRIAR protocolo de diagnóstico Mais AMPLO. No Que Diz Respeito circulam Células tumorais, Resultados do sistema operacional, juntamente com nivel de CEA adicionado INFORMAÇÕES de Prognóstico em patients com Câncer colorretal metastático submetidos a quimioterapia. Em Uma Análise multivariada, that circula Células tumorais, mas NÃO na Linha de Base CEA previu a Sobrevivência, mas Ambos OS Parâmetros previstos de Sobrevivência Às 6-12 Semanas apos o Início do Tratamento. De: Não houve Correlação Entre a CEA e como Células tumorais circulantes [10]. Os níveis de Células tumorais circulantes não Cancro colo-rectal São registadas Como Sendo Mais Baixa do that EM página Outros cancros, devido à homing não Fígado [44]. O Complexo Mecanismo de metástases envolvendo epitelial-mesenquimal e Transformação mesenquimais-epitelial, Bem Como Compensação de sangue não Fígado e disseminação Secundária da metástase do Fígado parágrafo a Circulação sistêmica, hipoteticamente, PODEM Influenciar OS Resultados ea Interpretação de Circulando testículos de Células tumorais.

Tabela 3.

miRNAs OS envolvidos em Diferentes ETAPAS da carcinogênese

recidiva precoce do Câncer colorretal ESTÁ Associada com aumento dos níveis plasmáticos de miR-29c [48. 57]. Vigilância Mais intensa OU Tratamento pós-operatório poderia Ser oferecido um ESSES PACIENTES.

Alterações no Alvo Tecido em Comparação com o Controle

Tecido Alvo OU Líquido corporal

Os Tecidos de Controlo OU corporal Líquido

Plasma de patients com Câncer

Plasma de controlos Saudáveis

miR-31; miR-181b; miR-92a; miR-203

Plasma de patients com Câncer

Plasma de controlos Saudáveis

Tecido Colonico normais

Tecido Colonico normais

miR-21; miR-224; miR-96; miR-31; miR-155

Tecido Colonico normais

metástases hepáticas de Câncer colorretal

Tecido Colonico normais

metástases hepáticas de Câncer colorretal

Tecido Colonico normais

metástases hepáticas de Câncer colorretal

metástases hepáticas de Câncer colorretal

miR-150; miR-125b-2; miR-1179; miR139-3p

O Câncer colorretal com metástase hepática

O Câncer colorretal sem metástases à distância

miR-93; miR-548e; miR-19b; miR-96; miR-548c-5p; miR-140-5p; miR-19a; miR-17-5p: 9,1; miR-101; miR-579; miR-18b; miR-18a; miR-455-5p; miR-549; miR-219-5p; miR-33b; miR-330-5p; miR-301a

O Câncer colorretal com metástase hepática

O Câncer colorretal sem metástases à distância

miR-196a-5p; miR-200b-3P; miR-223-3p

O Câncer colorretal com metástase hepática

O Câncer colorretal sem metástases à distância

miR-UL70-3p; miR-154-5p; miR-221-3p; miR-301B; miR-320B; miR-371A-5p; miR-486-5p; miR-572; miR-654-3p; miR-923

O Câncer colorretal com metástase hepática

O Câncer colorretal sem metástases à distância

[I] – 1 Referências: [12, 64-69].

6. A biopsia sem diagnóstico diferencial de lesões hepáticas

Figura 1.

Metástase de Câncer colorretal hepático em Tecido. Hematoxilina-eosina, Ampliação original 50 ×.

Figura 2.

Expressão citoplasmática intenso de citoqueratina 20 não colorretal Câncer. Nota-se uma heterogeneidade. Imunoperoxidase, anti-citoqueratina 20, Ampliação original 50 ×.

Figura 3.

Difundir Expressão nuclear intenso de CDX2 não colorectal Câncer. Imunoperoxidase, anti-CDX2, Ampliação originais de 100 ×.

Figura 4.

Metástase de carcinoma neuroendocrino em Tecido do Fígado. Hematoxilina-eosina, Ampliação original 50 ×.

Figura 5.

Metástase de carcinoma neuroendocrino em Tecido do Fígado. Imunoperoxidase, anti-cromogranina A, Ampliação original 50 ×.

7. O Tratamento Cirúrgico da metástase hepática de Câncer colorretal

O Prognóstico do Câncer colorretal metastático E sepultura. A Sobrevivência dos patients that receberam quimioterapia de 5 Anos de e baixa. Em contraste, metastasectomia hepática e Um Procedimento Aceito com Uma Mortalidade perioperatória Baixa (2,3-2,8%) garantindo sobrevida de 5 anos 28-58% e 10 anos de sobrevida 22-36% [15. 18. 78. 79]. A sobrevida Média dos patients Tratados cirurgicamente E de 42,5 meses [4].

Como metástases CRC PODEM Ser Tratados cirurgicamente, se Todas como metástases PODE Ser ressecada Completamente, cabelo Menos, 2 Segmentos adjacentes do Fígado PODE Ser poupado e uma Função hepática Suficiente E esperado [1].

anatomia vascular extra-hepática devem Ser cuidadosamente considerados Antes da Operação Como APENAS 55% das Pessoas TEM anatomia típico arterial. artérias hepáticas Direita aberrantes PODEM surgir a Partir da Artéria mesentérica superior, e da Artéria gástrica Esquerda. A trifurcação da veia porta PODE Ser observado. A tomografia Computadorizada E o Método de ESCOLHA parágrafo imagiologia vascular [4].

Os Fatores de risco de recorrência do Câncer incluem uma Presença de nódulo linfático OU metástases extra-hepáticas, alta CEA (Acima de 200 ng / mL), Múltiplos e Grandes (Acima de 5 cm) metástases, a sobrevida Curta Livre de Doença [18 ], grau tumoral Elevada e positiva Linhas de ressecção [4]. Em Relação à Linha de ressecção, Requisitos Mínimos OS estao soluçar DISCUSSÃO Sobre ressecção R0 com uma distância between ea o tumor Linha de ressecção Menos de 1 cm. Na literatura Recentes, um Falta de Margem de 1 centímetro NAO E UMA Considerada contra-indicação para á ressecção hepática [80], e, geralmente, ó Requisito para á Borda do Tecido Livre de tumor diminuiu 10-2 mm OU MESMO 0 milimetros [ 95-98]. A Presença de metástases em linfonodos hilares e Um Fator Prognóstico adverso em Comparação com metástases Que afetam Única Fígado, mas PODE Ser Menos Perigosos em TERMOS de Prognóstico fazer that metástases linfonodos EM adjacentes um truncus coeliacus OU aorta [4].

Apos uma ressecção, Ressonância Magnética OU tomografia Computadorizada DEVE Ser USADO parágrafo a Vigilância. Exames OS devem Ser repetidos a Cada 3-6 meses de para 2 anos apos a ressecção e um CADA 6 meses POR 3-5 ano apos a Cirurgia [1]. quimioterapia perioperatório, incluíndo o Tratamento adjuvante, aumenta a sobrevida Livre de recidiva [99].

8. O transplante de Fígado parágrafo metástases de Câncer colorretal

O transplante de Fígado E Indicado para Estágio definitiva da Doença hepática chronic e Insuficiência hepática aguda. Além Disso, o transplante TEM Certas Indicações Sobre os Tumores malignos. Como Indicações Clássicas incluem carcinoma hepatocelular sem Fundo de cirrose hepática se o Paciente corresponde AOS criterios de Milão; carcinoma hepatocelular fibrolamelar, hepatoblastoma e haemangioendothelioma epithelioid. Transplante de e pesquisada em patients com carcinoma hepatocelular com uma carga tumoral excedendo OS criterios de Milão, carcinoma hepatocelular não Fígado NÃO cirrótica, Câncer colangiocelular e metástases hepáticas de Tumores neuroendócrinos. carcinoma hepatocelular com espalhar extra-hepática UO a Invasão da veia porta, hepatoblastoma com disseminação extra-hepática descontrolada e Outros Tumores malignos São considerados Como contra-Indicações Para o transplante de Fígado. ASSIM, comeu recentemente, como metástases do Câncer colorretal PARA O Fígado also were considerados Uma contra-indicação parágrafo Transplante de Fígado [100] devido à Justiça alocação nenhuma Fundo da escassez de Órgãos e devido Ao Risco de recorrência do tumor no Fundo de imunossupressão.

9. O Tratamento NÃO Cirúrgico de metástases hepáticas de Câncer colorretal

Embora o Tratamento Cirúrgico Garante A Melhor sobrevida EM 5 anos, APENAS um 15-25% de metástases hepáticas São passíveis de ressecção [98]. Se o Tratamento Cirúrgico NÃO E Possível, a radiofreqüência ablação POR, crioterapia, ablação microondas POR, a radioterapia estereotáxica Corpo, radioembolisation OU percutánea canbe Injeção de Álcool Utilizado Para Diminuir a carga tumoral [101. 102]. Geralmente, como terapias de ablação Não São Recomendados Para lesões operados [103].

A radiofrequência ablação POR Pertence Ao grupo dos Procedimentos de ablação térmica compreendendo also termoterapia intersticial induzida POR laser. Neste Método, um laser Luz e Directamente transmitido PARA O Tecido neoplásico atraves de fibras ópticas Flexíveis, e um Absorção de Energia do fotão de a laser provoca aumento locais de temperatura de induzir uma necrose de coagulação. Os Resultados São Altamente Dependentes da integralidade da Destruição do tumor. A sobrevida de 5 anos apos a ablação térmica de e de 44%, se a ablação ESTÁ completa e 20% se para parcial. A Frequência da ablação parcial varia Entre 38% a 52% [114 -116]. O * Tamanho da massa neoplásica E o Fator principais preditivo parágrafo a completude da ablação, com Melhores Resultados alcançados NAS metástases Menores that 3 cm [116. 117].

infusão arterial hepática PODE Ser Aplicada devido Ao Fato de that como metástases Maior fazer that 3 milímetros de Receber de 95% do Fornecimento de sangue a Partir da arteria hepática. This Técnica Produz Maior Concentração (até 16 vezes Maior) fazer Medicamentos Dentro da metástase em Associação com a Toxicidade sistémica menor, devido à oferta Concentrada e Efeito de Primeira Passagem com um Máxima Absorção não Fígado. Equipe qualificada e radiológica qualitativa São OS Pré-requisitos [102]. Há varias Abordagens tecnicamente Relacionados that also envolvem Fornecimento directo do agente terapêutico PARA O destino atraves da arteria hepática, Como a colocação de bombas hepáticas infusão arterial, terapia de Radiação interna Seletiva, embolização talão com eluição de drogas e Particulas de irinotecano com eluição de drogas [128].

Avaliação 10. Radiológico Antes do Tratamento Cirúrgico NÃO

Características morfológicas radiológicos, Mudanças incluíndo NA heterogeneidade do tumor e Estrutura interna, Valorização e Margens, PODE Indicar um RESPOSTA fazer favorável tumor Ao treatment [138]. No CT, metástases CRC não Fígado TEM Estrutura heterogénea e como Margens definidas mal. lesões respondem Obter Estrutura homogénea e como Margens definidas [17]. A RESPOSTA morfológica não CT correlaciona com uma RESPOSTA patológica e com a Sobrevivência [138].

PET-CT caracteriza uma Actividade metabólica das lesões [1], sugerindo Estimativa Precisa patogeneticamente substancial da RESPOSTA do tumor. No entanto, uma Sensibilidade do PET Diminui apos quimioterapia [17]. Clinicamente Importante, PET PoDE identificar Falta de eficacia de da quimioterapia logotipo APOS 1 ciclo [139].

12. Um RESPOSTA radiológica completa

radiológica de RESPOSTA completa PODE Ser obtida em 5-38% DOS PACIENTES. A Frequência de RESPOSTA radiológica completa Depende da eficacia do Tratamento pré-operatório e na Qualidade e Integridade da Investigação radiológica. A PODE metástase tornar-se Difícil de observar na TC se o * Tamanho Diminui e / ou o Tecido do Fígado circundante DESENVOLVE esteatose. A RM PODE Ser Usada Para identificar como lesões residuais. O desaparecimento MRI-documentada da metástase E sugestiva de RESPOSTA Verdadeira histológica completa.

Se como metástases radiologicamente regrediram Não São ressecados, enguias tendem a recorrer. A Frequência de RESPOSTA clínica Duravel, normalmente Definido Como o Período Livre de Doença POR 1 ano, correlaciona-se com uma Frequência de RESPOSTA patológica completa. A recorrência DESENVOLVE principalmente em 10-20 meses. A mediana do Tempo de recorrência É de 11 meses. A recorrência ocorre Mais frequentemente em patients that NÃO ressecados metástases radiologicamente desapareceram em Comparação com aqueles Que se submeteram a Cirurgia, embora hum Tratamento adjuvante Mais Eficaz PODE Diminuir essas Diferenças. Tratamento de infusão hepática arterial reduz a Incidência da recorrência intra-hepática e aumenta a Frequência de RESPOSTA duradoura de Modo semelhante Ao aumento da taxa de RESPOSTA patológica completa [17].

13. Sobrevivência

14. Conclusões

Em CONCLUSÃO, como metástases hepáticas de Câncer colorretal devem Ser tratadas cirurgicamente sempre Que Possível, a Cirurgia Garante A Melhor Sobrevivência.

Contra-Indicações Para a Cirurgia incluem tumor Ampla espalhar Dentro do Fígado UO parágrafo Órgãos extra-hepáticos, espera Remanescente do Fígado Insuficiente e mau estado Geral. O Tratamento neoadjuvante, DEVE Ser tentada à frente do palco do tumor.

Se como lesões metastáticas Não São passíveis de Cirurgia, Radiação OU ablação Modalidades Aplicados PODEM Ser em Associação com quimioterapia.

Investigação radiológica de Alta Qualidade e necessaria parágrafo Revelar como metástases do Câncer colorretal. A Ressonância Magnética E Considerada uma Técnica Mais Sensível Que Tem Vantagens Notáveis ​​Que revelam metástases subcentimeter e lesões Dentro do Fígado esteatótica. Calculado Benefícios tomografia de discriminação Elevada e PODE Ser Utilizado Para substituir Ressonância Magnética.

15. AGRADECIMENTOS

Referências

27 – Marckmann P, L Skov, Rossen, K, Dupont A, Damholt MB, Heath JG, Thomsen HS. fibrose sistêmica nefrogênica: Suspeita de papel causador da gadodiamide USADO parágrafo Imagens de Ressonância Magnética com contraste. J Am Soc Nephrol. 2006; 17: 2359-2362. DOI: 10,1681 / asn.2006060601

38 – Abdalla EK, Hicks ME, Vauthey JN. Portal embolização: lógica, Técnica e como Perspectivas Futuras. Br J Surg. 2001; 88: 165-175. DOI: 10,1046 / j.1365-2168.2001.01658.x

40 – Vauthey JN, Pawlik TM, Abdalla EK, Arens JF, Nemr RA, Wei SH, Kennamer DL, Ellis LM, Curley SA. E hepatectomia estendida parágrafo malignidade hepatobiliar justificada? Ann Surg. 2004; 239: 722-730; Discussão 30-32.

42 – Metcalfe M, Mann C, Mullin E, Maddern G. Detecção de Doença curável Seguinte hepatectomia parágrafo metástases colorretais. ANZ J Surg. 2005; 75: 524-527. DOI: 10,1111 / j.1445-2197.2005.03421.x

78 – Nordlinger B, Guiguet M, Vaillant JC, Balladur P, Boudjema K, Bachellier P, Jaeck D. A ressecção Cirúrgica de metástases de carcinoma colorretal PARA O Fígado. Um Sistema de pontuação de Prognóstico Para melhorar a Seleção dos Casos, com base de 1568 em patients. Association Française de Cirurgia. Câncer. 1996; 77: 1254-1262.

79 – Fong Y, Fortner J, Sun RL, Brennan MF, Blumgart LH. Escore clínico parágrafo Prever uma recorrência apos ressecção hepática PARA O Cancro colo-rectal metastático: Análise de 1001 Casos consecutivos. Ann Surg. 1999; 230: 309-318; Discussão 18-21.

95 – Cady B, Pedra MD, McDermott WV, Jr. Jenkins RL, Bothe A, Jr. Lavin PT, Lovett EJ, Steele GD, Jr. Técnico e Fatores Biológicos na sobrevida Livre de Doença Apos uma ressecção hepática parágrafo metástases de Câncer colorretal . Arch Surg. 1992; 127: 561-568; Discussão 68-69.

96 – Kokudo N, Miki Y, Sugai S, Yanagisawa A, Kato Y, Sakamoto Y, Yamamoto J, Yamaguchi T, Muto T, Makuuchi M. genética e Avaliação histológica das Margens cirúrgicas em metástases hepáticas ressecadas de carcinoma colorretal: Margens cirúrgicas Mínimas Para ressecção Bem sucedida. Arch Surg. 2002; 137: 833-840.

104 – Curley SA, Izzo F, Delrio P, Ellis LM, Granchi J, Vallone P, Fiore F, Pignata S, Daniele B, Cremona F. A ablação de Tumores hepáticos Primarios e metastáticos irressecáveis: Resultados EM 123 PACIENTES. Ann Surg. 1999; 230: 1-8.

105 – Elias D, Goharin A, El Otmany A, Taieb J, Duvillard P, Lasser P, de Baere T. Utilidade da termoablação Cirúrgica POR radiofreqüência de Tumores hepáticos Associados OU NÃO à hepatectomia. Eur J Surg Oncol. 2000; 26: 763-769. DOI: 10,1053 / ejso.2000.1000

106 – Gillams AR, Lees WR. ablação POR radiofrequência de metástases hepáticas colorretais. Abdom Imaging. 2005; 30: 419-426. DOI: 10,1007 / s00261-004-0256-6

111 – Mulier S, Ni Y, Jamart J, Ruers T, Marchal G, Michel L. recorrência apos locais hepática coagulação radiofrequência: meta-Análise multivariada e Avaliação de Fatores Contribuintes. Ann Surg. 2005; 242: 158-171.

114 – Hori T, Nagata K, Hasuike S, Onaga M, Motoda M, Moriuchi A, Iwakiri H, Uto H, Kato J, Ido A, Hayashi K, Fatores de risco Tsubouchi H. Para uma recorrência local, fazer carcinoma hepatocelular APOS Uma Única Sessão de ablação POR radiofrequência percutánea. J Gastroenterol. 2003; 38: 977-981. DOI: 10,1007 / s00535-003-1181-0

115 – Poon RT, Ng KK, Lam CM, Ai V, Yuen J, Fan ST. Eficacia da ablação POR radiofrequência parágrafo hepatocelular carcinomas Maior Que três centímetros de Diâmetro. Arch Surg. 2004; 139: 281-287. DOI: 10,1001 / archsurg.139.3.281

120 – JK Seifert, Morris DL. Fatores prognósticos Apos um crioterapia parágrafo metástases hepáticas de Câncer colorretal. Ann Surg. 1998; 228: 201-208.

121 – TD Yan, R Padang, Morris DL. Resultados de Longo Prazo e Indicadores de Prognóstico Apos um crioterapia e quimioterapia arterial hepática com OU sem ressecção de metástases hepáticas colorretais EM 224 patients: a Sobrevivência a Longo Prazo PODEM Ser obtidos em patients com multiplas metástases hepáticas bilaterais. J Am Coll Surg. 2006; 202: 100-111. DOI: 10.1016 / j.jamcollsurg.2005.08.026

124 – Shibata T, Niinobu T, Ogata N, terapia de coagulação Takami M. Micro-ondas parágrafo multiplas metástases hepáticas de carcinoma colorectal. Câncer. 2000; 89: 276-284.

135 – Therasse P, Arbuck SG, Eisenhauer EA, Wanders J, Kaplan RS, Rubinstein L, Verweij J, Van Glabbeke M, van Oosterom AT, Christian MC, Gwyther SG. Novas Linhas de Orientação Para avaliar a Resposta ao Tratamento de Tumores Sólidos. Organização européia Pará Pesquisa e Tratamento do Câncer, Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos, National Cancer Institute of Canada. J Natl Cancer Inst. 2000; 92: 205-216.

141 – Scheele J, Stangl R, metástases Altendorf-Hofmann A. hepáticas de carcinoma colorretal: o Impacto da ressecção Cirúrgica Sobre a História natural. Br J Surg. 1990; 77: 1241-1246.

142 – Fong Y, Cohen AM, Fortner JG, Enker WE, Turnbull AD, Coit DG, Marrero AM, Prasad M, Blumgart LH, Brennan MF. ressecção hepática de metástases colorretais. J Clin Oncol. 1997; 15: 938-946.

143 – Adam R, Avisar E, Ariche A, Giachetti S, Azoulay D, Castaing D, Kunstlinger F, Levi F, bismuto F. sobrevida em cinco ano apos a ressecção hepática Apos uma terapia neoadjuvante parágrafo colorectal irressecável. Ann Surg Oncol. 2001; 8: 347-353.

144 – Simmonds PC, Primrose JN, Colquitt JL, Jardim JO, Poston GJ, Rees M. A ressecção Cirúrgica de metástases hepáticas de Câncer colorretal: Uma Revisão Sistemática de Estudos publicados. Br J Cancer. 2006; 94: 982-999. DOI: 10.1038 / sj.bjc.6603033

146 – Saltz LB, Cox JV, Blanke C, Rosen LS, Fehrenbacher L, Moore MJ, Maroun JA, Ackland SP, Locker PK, Pirotta N, Elfring GL, Miller LL. Irinotecano fluorouracil acrescido e leucovorina parágrafo Câncer colorretal metastático. Grupo de Estudo irinotecano. N Engl J Med. 2000; 343: 905-914. DOI: 10,1056 / nejm200009283431302

147 – Choti MA, Sitzmann JV, Tiburi MF, Sumetchotimetha W, Rangsin R, Schulick RD, Lillemoe KD, Yeo CJ, Cameron JL. Tendências NA Sobrevivência a Longo Prazo apos ressecção hepática de metástases colorretais hepáticas. Ann Surg. 2002; 235: 759-766.

mensagens Relacionados

  • metástase fazer colorretal CÂNCER, a metástase do Câncer colorretal.

    Como metástases hepáticas abstratas desenvolver em Quase 20% dos patients com estádio II e 50% dos patients com Estágio III do Câncer colorretal e representam a principal causa de morte Nesta Doença. Ao Contrário …

  • O Tratamento Atual parágrafo colorectal …

    Evangelos P Misiakos, Terceiro Departamento de Cirurgia da Faculdade de Medicina da Universidade de Atenas, Hospital Universitário Attikon, Atenas 12462, Grécia Nikolaos P Karidis, Gregory Kouraklis, Segundo …

  • Tratamentos Cirurgia colorretal, Cirurgia colorretal.

    Por Loyola Integrado, Cuidados Cirúrgica parágrafo Tratamento Colon, faça reto e ânus Condições Loyola Medicina cólon experientes e Cirurgiões retais TRATAR Uma Variedade de Problemas de cólon, reto e …

  • colorretal

    also Veja: Câncer do Intestino (colorretal) Escrito parágrafo patients Cerca de Dois terços de Todos os Tumores colorretais se desenvolvem sem dois pontos e o Restante não reto. A maioria dos Tumores São adenocarcinomas que …

  • carcinoma colorectal e do Cérebro …

    Autores Maarouf A. Hammound OS Departamentos de Neurocirurgia e Gastrointestinal Oncologia Médica da Universidade do Texas M. D. Anderson Cancer Center Departamento de Epidemiologia da Faculdade de …

  • Complicações em Cirurgia colorretal …

    Abstract Backround Abrir UO Cirurgia colorectal laparoscópica comprises de MUITOS Tipos Diferentes de Procedimentos parágrafo Varias Doenças. Dependendo da Operação e modificáveis ​​e modificáveis ​​NÃO …